Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Penelope

Esposa do heroi Odisseu e uma das personagens principais de Odisseia. Penelope é a rainha de Itaca. Apos o termino da guerra de Troia, todos os comandantes e guerreiros gregos voltam a seus lares, seu marido porem não o faz o que acarreta na erronea dedução por parte de todos de que Odisseu perecera na viagem de volta.

Penelope é então cercada de pretendentes que a pressionam em se casar para adquirirem suas riquesas e o trono de Odisseu (na Odisseia são citados 52 pretendentes sendo Antínoo e Eurímaco os principais). Para fugir da obrigação imposta de se casar Penelope arquiteta um plano, promete se casar apos termina de tecer uma peça de pano, e assim passa os dias a fiar, mas a noite as escondidas desfaz todo o trabalho. O plano funcionou durante trés anos, mas uma serva contou da artimanha aos pretendentes que a obrigaram a terminar o trabalho.

A rainha de Itaca é a imagem de uma personagem pura que ama incodicionalmente seu marido, um simbolo de fidelidade e devoção com Odisseu. Apos vinte anos de espera seu marido volta a patria matando a todos os pretendentes e os dois voltam finalmente a ficarem juntos.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Telemaco

Telemaco, heroi grego do romance Odisseia, de Homero. Filho de Odisseu e de Penelope. Telemaco é um classico esterotipo de filho que vive as sombras do pai, sem jamais alcançar seu brilho. Apos seu pai ter ido a guerra de Troia (que o fez quando Telemaco ainda era um bebe) e jamais ter retornado sendo considerando como morto. Varios pretendentes passaram a cercar sua mãe, Penelope, exigindo que ela arranja-se um novo marido.

Foi nesse ambiente que Telemaco cresceu, vendo os pretendentes a ursurbar e a consumir as riquesas de seu reino e a pressionarem sua mãe, mas sem jamais ter força para se impor e expulsar estes homens vis. Apesar de sua fraquesa em se impor Telemaco é nobre de coração e se destaca por seus celebres discursos, porem estes são todos inspirados pela deusa Atena, sua grande aliada e protetora.

Telemaco representa o jovem que vive as sombras do pai e que por falta de experiencia e ingenuidade comete varios erros, como no caso do assassinato aos pretendentes em que o jovem se descuida e deixa aberta a sala aonde se encontravam varias armas, e com elas os pretendentes se equipam para enfrentar a Telemaco e seu pai.

sábado, 6 de abril de 2013

Livro: As melhores historias da mitologia Celta



Um livro leve que conta os principais mitos Celtas dividindo-os em duas partes, a primeira se foca nas lendas irlandesas contando pricnpalmente os mitos dos deuses celtas. A segunda parte é centrada nos mitos gaulesas e narras as historias envolvendo o rei Arthur e seus fieis cavaleiros.
O livro apresenta os mitos como contos o que torna a leitura muito mais agradavel. Embora não seja um livro aconselhado para pesquisas aprofundadas sobre o assunto é bastante interessante para apresentar os mitos Celtas, podendo ser lido tanto para adultos quanto por crianças.
Link (Livraria cultura): Clique aqui

sexta-feira, 5 de abril de 2013

As seis invasões da Irlanda mistica

Conforme o Livro das invasões uma obra escrita por monges cristãos, houveram ao todo seis invasões na Irlanda ate que esta terra fosse enfim povoada. As invasões foram realizadas por varios povos e cada um trouxe a ilha novos conhecimentos como agricultura, metalurgica entre outros.
As seis invasões foram:

1º Invasão

A primeira invasão foi protagonizada por uma mulher Cessair, filha de Birth (um quarto filho de Nóe, não mencionado no genesis). Apos serem a eles negado o direito de subir na arca pai e filha decidiram escapar do diluvio do jeito deles.
Cessair, Birth e tantos outros viajaram em trés embarcações a procura de uma ilha segura da furia de Deus, como vemos o numero trés de grande importancia para os Celtas esta aqui presente. Das naus porem apenas uma chegou ao destino, a mesma que continha Birth e Cessair o marido desta Fintan, Ladra, o piloto, e mais cinquenta donzelas e mais muitos homens.
Com o passar dos dias porem a pequena população se reduziu a apenas Cessar ,seu marido e as cinquenta donzelas. Coube então a Fintain a incumbencia de despossar as cinquenta mulheres (algo semelhante ao Hercules grego que em cinquneta noites ou em outra versão em apenas uma noite despossou o mesmo numero de mulheres). Fintan porem estava longe de ser um Hercules-celta, com medo da incumbencia ele se metamorfoseou em salmão, animal que para os Celtas simboliza o conhecimento.
As cinquenta mulheres morreram, e Cessair continuou seu desejo de povoar a ilha, porem o destino mostrou que não eram os descendentes de Nóe que deveria reinar nessa terra. Cessair adormeceu, em uma caverna, simbolizando a terra adormecida. A neta do Nóe foi desde então considerada uma divinidade. Ela continuaria em seu sono ate que chegasse o dia em que a ilha por fim deveria ser habitada, dando assim a sua benção aos merecedores de reinar naquelas terras.

2º Invasão

A segunda invasão ocorreu por parte de Partholon. Oriundo da Grecia ele havia assassinado os pais em uma disputa sucessoria. É comum nos mitos gregos que ao cometer um crme a pessoa ficasse marcada, o crime deveria ser purificado para que sua culpa não atraisse severas punições dos deuses, não apenas para ele, mas para sua familia inteira. Partholon estaria então fugindo das temiveis Erinias (ou furias conforme a denominação romana) que tinham como dever punir os crimes entre familiares.
Da mesma forma que a Irlanda protegeu a Cessair e seu pai da ira do deus cristão salvando-os do diluvio, o mesmo ocorreu a Parthelon que conseguiu escapar das garras das erinias.
Como segundo colonizador da ilha, Parthelon que era agricultou trouxe a Irlanda o conhecimento da agricultura e a produção de cerveja alem do famoso caldeirão, muito comum nos mitos e historias de bruxas. O grego veio junto de uma grande comitiva que incluia ate mesmo druidas, homens versados nas artes magicas.
Partholon e seu povo perceberam porem que a linda terra da Irlanda não deveria ser conquistada tão facil. Da mesma forma que os deuses olimpicos tiveram que derrotar os titãs e os senhores nordicos de Asgard precisaram triunfar contra os gigantes, eles também teriam sua provação.
A Irlanda era atacada de tempos em tempos pelos Fumores gigantes marinhos ferozes e destruitivos que habitavam o fundo dos oceanos. A batalha entre o povo de partholon e os Fumores foi devastadora trazendo a vitoria aos gigantes marinhos. Os habitantes da ilha ainda conseguiram sobreviver por mais 120 anos ate serem banidos definitivamente por uma peste.

3º Invasão

A terceira invasão foi realizada por Nemed (que quer dizer sagrado) este veio com uma comitiva de 34 embarcações, mas tal o exemplo e Cessair apenas uma chegou em segurança a ilha. Foi graças a Nemed que o conhecimento da espiritualidade ficou conhecido nas terras irlandesas. Seu reinado na ilha durou pouco, pois tal como na ultima invasão os Fumores atacaram e destuiram boa parte do povo de Nemed, os nemedianos. houve um contra-ataque aonde os nemedianos atacaram os Fumores em seus palacios submarinos, mas eles foram novamente massacrados e a ilha da Irlanda voltou a ficar desabitada.

4º Invasão

Um sobrevivente dos nemedianos foi quem liderou a quarta invasão. Fir Bolg apos a derrota de seu povo viajou a Grecia aonde lá se exilou. Tempos depois voltou a Irlanda como lider da quarta expedição de conquista a ilha. O reinado de Fir foi prospero e ele quem induziu o ferro na ilha. Seu reinado chegou ao fim não com ataque dos Fumores, mas sim graças aos quintos e mais importantes invasores, os deuses Celtas.

5º Invasão

O quinta invasão foi feita pelos deuses Celtas que de tão convictoos estavam em viver na nova terra, que mal atracaram na ilha quemaram seus barcos para que o desejo de retornarem não os assola-se. Os deuses derrotaram os ocupantes da ilha e mais adiante travaram uma segunda guerra contra os temiveis Fumores. Neste ponto percebemos que a vitoria dos deuses sobre os gigantes do mar simboliza como eles submeteram a força das aguas, algo que apenas deuses poderiam fazer. Graças a isso eles estariam preparando a Irlanda para receber seus ultimos colonizadores, dos quais deles descende todo o povo Irlandes.

6º Invasão

A sexta e ultima invasão foi realizada pelos milesianos, eles receberam este nome por serem liderados pelo espanhol Mile Espaine. Mile porem teve um fim tragico e como Moises morreu antes de chegar a sua terra prometida.
Com a morte de seu antigo lider, foi Bregon o lider da invasão quando as naus dos milesianos chegaram as marges da ilha. Os milesianos porem não tinham a menor chance de derrotarem os deuses Celtas e tomar o controle da Irlanda, acontece que Cessar a protagonista da primeira invasão despertou de seu sono e se pos do lado dos mortais, pois sabia eram eles que deveriam colonizar aquela terra. Agora divinizada Cessair era uma deusa trplice que possuia trés formas. De dia era chamada Banba, a noite Fothla e enquanto adormecida Eriu.
Com a ajuda e benção da deusa os milesianos rivalizaram com os deuses na guerra que travavam pela terra prometida. Estes ao perceberem que a deusa uma força maior do que a deles havia escolhido os mortais para habitar a Irlanda se recolheram e assim os milesianos povoaram a Irlanda.
Os deuses Celtas porem não deixairam de conviver e a olhar os mortais. Eles se recolheram nos Slidhes que eram dominios divinos e particulares de cada deus. Os Slidhes ficavam debaixo da terra e os deuses muitas vezes saiam deles e se relacionavam com os mortais o que deu origem a grade parte dos mitos Celtas.